NOTÍCIAS


Com taxa de transmissão maior que a covid-19, sarampo volta a preocupar o Brasil

O país perdeu o certificado de erradicação da doença após notificar casos em 2018

O sarampo voltou a deixar o Brasil em alerta. Isso porque, só no estado de São Paulo, 25 casos estão sob investigação. Desde 2019, já são mais de 40 mil pacientes e 40 mortes causadas pela doença no país.

A situação atual é totalmente diferente de quatro anos atrás, quando o Brasil recebeu o certificado de erradicação da doença pela Organização Panamericana de Saúde (OPAS). Tudo isso é por conta da queda na cobertura vacinal.

Especialistas alertam que a doença é mais contagiosa, inclusive, do que a Covid-19 em qualquer uma de suas versões. “Só para se ter uma ideia, a taxa de transmissibilidade do sarampo é entre 12 e 18. Isso significa dizer que, para cada caso da doença, você provavelmente terá outros 12 a 18 casos de pessoas infectadas caso isso ocorra em uma população suscetível”, afirmou o Marco Aurélio Sáfadi, presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria .

Até o momento, em 2022, já são 13 casos confirmados e aproximadamente 100 em investigação no país. Os sintomas, ainda de acordo com Sáfadi, se parecem com os de uma virosa e iniciam entre 10 a 15 dias depois do contágio.

A prefeitura de São Paulo, por exemplo, segue com as campanhas de vacinação contra a Covid-19, gripe, poliomielite e sarampo. A imunização contra o sarampo pode ser tomada por crianças de seis meses e menores de cinco anos, além dos profissionais de saúde e nascidos a partir de 1960.

Fonte: MSN




13/04/2022 – Confresa FM

SEGUE A @CONFRESAFM

(66) 8427-4473


(66) 3564 – 1514
confresafm@hotmail.com
Confresa – MT

NO AR:
SHOW DA MANHÃ