NOTÍCIAS


Em ação no Dia Mundial da Saúde Bucal, Governo de Confresa prestará atendimentos odontológicos gratuitos para população

O Governo de Confresa, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o CRAS, fará um mutirão de atendimento odontológico gratuito à população – em alusão ao Dia Mundial da Saúde Bucal, que foi instituído no dia 21 de março.

A campanha organizada a partir da data estipulada como comemorativa objetiva educar a população para que ela entenda que a saúde bucal é crucial na manutenção da saúde integral e na qualidade de vida.

Todos os cidadãos confresenses que comparecerem na UPA do município no dia em questão, das 7h às 19h, receberão atendimento sem nenhum custo, onde haverão 3 dentistas de plantão para fazer os procedimentos necessários para preservar ou melhorar a saúde bocal dos pacientes presentes. Caso o paciente precise de um acompanhamento futuro, ele será encaminhado para continuar os atendimentos em uma das unidades mais próximos de sua residência: Veranópolis, Santa Luzia, Vila Dois Mil, Vila Nova e Jardim Planalto.

Saúde Bucal
A boca desempenha importantes funções que repercutem na saúde do organismo como um todo. Além de exercer papel fundamental na fala, na mastigação e na respiração, a boca é a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio ambiente, sendo a porta de entrada para bactérias e outros microrganismos prejudiciais à saúde.

Uma boa higiene bucal diminui o risco de desenvolvimento de problemas bucais e dentários. É importante ressaltar que as doenças da boca têm relação direta com o fumo, com o consumo de álcool e com a má alimentação.

Problemas bucais mais comuns:
– Cárie: desintegração do dente provocada pela higiene inadequada, ingestão de doces e carboidratos ou, ainda, por complicações de outras doenças que diminuem a quantidade de saliva na boca. (Ex.: pessoas em tratamento quimioterápico ou radioterápico para o câncer);

– Lesões bucais e aftas: inchaços, manchas ou feridas na boca, língua ou lábios. Podem ser provocadas por herpes labial, candidíase (sapinho) e próteses (dentaduras) mal ajustadas;

– Mau hálito: tem várias causas, dentre elas: higiene bucal inadequada (falta de escovação adequada e falta do uso do fio dental), gengivite, ingestão de certos alimentos como alho ou cebola, tabaco, produtos alcoólicos; boca seca (causada por certos medicamentos, por distúrbios ou por menor produção de saliva durante o sono); doenças sistêmicas como câncer, diabetes, problemas com o fígado e rins. Além desses fatores, a língua possui diversas papilas gustativas entre as quais se formam criptas, ou seja, saquinhos que retêm resíduos de alimentos, células descamadas que começam a fermentar, formando uma placa bacteriana esbranquiçada que aparece no fundo da língua, em direção à ponta, a chamada saburra lingual, que é, sem dúvida, a principal causa do mau hálito;

– Gengivite: inflamação da gengiva provocada pela placa bacteriana;

– Placa bacteriana: é o conjunto de bactérias que colonizam a cavidade bucal. A placa bacteriana fixa-se principalmente nos locais de difícil limpeza, como a região entre a gengiva e os dentes ou a superfície dos dentes de trás, provocando cáries e formação de tártaro;

– Tártaro: é o endurecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes.

Fonte: Governo de Confresa




18/03/2022 – Confresa FM

SEGUE A @CONFRESAFM

(66) 8427-4473


(66) 3564 – 1514
confresafm@hotmail.com
Confresa – MT

NO AR:
ROMANCE