NOTÍCIAS


Exclusivo: Ana Castela e Pedro Sampaio são processados por plágio

A coluna descobriu que os artistas viraram réus em uma ação por conta do hit “Carinha de Bebê”; saiba todos os detalhes deste caso

A vida de Ana Castela na música é um estouro, mas, assim como em um rodeio, a “boiadeira” também enfrenta sérias chacoalhadas. Ela, que já foi processada por plágio pelo hit “Solteiro Forçado”, agora enfrenta outra ação por violação de direitos autorais e, com ela, está Pedro Sampaio e mais 12 réus.

coluna Fábia Oliveira descobriu, com exclusividade, que a canção que está causando esse bafafá todo se chama “Carinha de Bebê”. Os artistas foram processados por Claudemir do Nascimento Alves.

Segundo os autos da ação, que tivemos acesso com exclusividade, Pedro Sampaio é um dos autores da música, enquanto Ana Castela é intérprete junto com ele.

Mas, antes de tudo, é importante esclarecer quem é o autor da ação. Claudemir alega ser uma figura conhecida no cenário do estilo brega funk. Ele é compositor da música que alega ter sido plagiada, chamada “Upa Upa Cavalinho”. O autor havia composto a música com Adilson Eugenio, mas acabou se tornando detentor de 100% da obra.

A tal canção já havia sido registrada nos órgãos competentes, fazia parte de um DVD e um CD. Quando ele escutou o hit de Ana Castela e Pedro Sampaio, logo percebeu o que alegou ser uma “similaridade entre as melodias e as partituras das canções”.Play Video

Atualmente, “Carinha de Bebê” conta com um videoclipe com mais de 53 milhões de visualizações e só foi registrada em 2023.

O tal plágio alegado ficaria ainda mais evidente porque a expressão “Upa Upa Cavalinho” está reproduzida na íntegra na canção de Pedro Sampaio e Ana Castela. A autoria não foi atribuída a Claudemir, e ainda teria sido creditada para terceiros, com o que ele alega ser uma “finalidade de exploração econômica”.

Claudemir pediu que seja incluído como coautor da obra “Carinha de Bebê”, de modo que ele possa exercer regularmente os seus supostos direitos sobre a canção. Pediu, ainda, uma tutela de urgência para que inúmeras plataformas de reprodução de músicas, como a Apple Music, o Spotify, Youtube e outras, retenham a receita obtida com a música. O mesmo foi pedido ao ECAD.

Para piorar, o autor solicitou que Ana Castela e Pedro Sampaio sejam proibidos de cantar “Carinha de Bebê” em seus shows, sob pena de multa de R$ 50 mil.

E calma lá que, como diz o ditado popular: “tudo pode piorar”. O autor ainda pediu a nada singela quantia de R$ 100 mil por danos morais. Além, é claro, dos danos materiais relacionados às quantias que forem apuradas durante o processo. Ainda deseja que os réus se retratem em redes sociais pelo suposto plágio.

Bom, a “boiadeira não dá pra encarar”, diz uma de suas músicas. Mas será que ela realmente está preparada para tantos giros e rodeios? Só nos resta aguardar para saber!

fonte/Metrópoles




10/04/2024 – Confresa FM

SEGUE A @CONFRESAFM

(66) 98427-4473

confresafm@hotmail.com

(66) 3564 – 1514
confresafm@hotmail.com
Confresa – MT

NO AR:
CORUJÃO